Daniel Nogueira de Lima

Currículo

Daniel Nogueira de Lima

Nasceu 1978, Brasil, São Paulo.

Vive e trabalha em São Paulo.

Formação

2006    Bacharel em Artes Plásticas – Faculdade Santa Marcelina/ FASM, São Paulo.

2010    Eletricista básico, tipo residencial – IBRATEC.

Curso de técnico de energias renováveis; térmica, solar, eólica – Máster-D [curso em andamento].

Exposições Individuais

2012           Galeria Jaqueline Martins, São Paulo, SP

2007            Por cima do chão que eu nasci, invento – Galeria de Arte da Oficina Cultural de Uberlândia, Uberlândia, MG – 01/ agosto a 24/ agosto.

Exposições Coletiva

2011            Projeto Parede MAM – Grupo cadaVer, um dos 52 artustas participantes. Museu de Arte Moderna de São Paulo, São Paulo, SP julho a dezembro.

2010            Galeria Virmondes, Uberlândia, MG – junho. MURART – SESC IPIRANGA, São Paulo, SP – maio. Em Casa, AP 43, São Paulo, SP. Aberto 10 – Museu Universitário de Arte (MUnA), Uberlândia, MG – junho. Em Obras – Passagem subterrânea da R. da Consolação, São Paulo, SP – 02/ março a 30/ abril. DEpassagem – Galeria Rhys Mendes, São Paulo, SP – 16/ dezembro a 12/ fevereiro. 100 a mil – Escola São Paulo, São Paulo, SP – 4/ dezembro de 2009 a 16/ janeiro.

2009            nuVEM galeria de arte contemporânea, São Paulo, SP – 28/ novembro. O Artista e a Cidade – Escola São Paulo, São Paulo, SP – 20/ outubro a 21/ novembro. MARP – Museu de Arte de Ribeirão Preto Manuel – Gismondi, Ribeirão Preto, SP – 10/ junho a 10/ julho. Galeria Virmondes, Uberlândia, MG – 12/ dezembro a 30/ janeiro. 10 a mil – Escola São Paulo, São Paulo, SP – 10/ dezembro a 14/ fevereiro.

2007            Mostra SESC de Arte Circulações – SESC Vila Mariana – Coletivo Bola de Fogo, São Paulo, SP – 13/ novembro a 03/ dezembro. Bienal de Arte do Triângulo Mineiro 2007, Uberlândia, MG – PRÊMIO “Estimulo a pesquisa de Uberlândia – 3º lugar” -26/ outubro a 23/ dezembro. II Bienal Internacional Ceará de Gravura – Gravura Contemporânea Brasileira – Museu de Arte Contemporânea do Centro Dragão do Mar de Arte Cultura, Fortaleza, CE – 26/ outubro a 7/ janeiro.

2006            6 Olhares – Galeria Graphias, São Paulo, SP – 11/ março a 15/ abril.

2005            Artes Plásticas 2005 – Espaço Eugênie Villen – FASM, São Paulo, SP – 27/ outubro a 28/novembro. 5º Salão de Artes Visuais de Guarulhos – Lago dos Patos, São Paulo, SP – 8/ outubro a 5/ dezembro. Ocupação – primeiro turno – Paço das Artes, São Paulo, SP – 7 a 18/ junho.

2004            Labor III – Mostra de Arte – Mooca, São Paulo, SP – 24, 25, 26/ outubro a 1, 2/ novembro). 16º Salão de Artes da Praia Grande, São Paulo, SP (1 a 17/ julho). Chamex de Arte Jovem – Instituto Tomie Ohtake, São Paulo, SP – 25/ março a 3/ maio. Exposiçãoo itinerante Exposição itinerante: MAM, Rio de Janeiro, RJ – 16/ novembro a 20/ janeiro, Memorial da Cidade, Curitiba, PR – 02 a 30/ setembro, Nacional Cláudio Santoro, Brasília, DF – 03 a 31/ agosto.

2003            28º MARP – Salão de Ribeirão Preto Nacional Contemporâneo, Ribeirão Preto, SP – 1/ agosto a 3/ setembro.

2002            Labor I – Mostra de arte – Mooca, São Paulo, SP – 2 a 5/ maio.

Prêmios

2007            Bienal de Arte do Triângulo Mineiro 2007, Uberlândia/MG – PRÊMIO Estimulo a pesquisa de Uberlândia – 3º lugar,

1998            Prêmio Shell de melhor cenografia – Companhia de teatro Parlapatões, patifes e 1998 -Paspalhões – assistente de cenografia de peça Não escrevi isto – Sesc Pompéia.

Acervo

Museu de Arte Contemporânea do Centro Dragão do Mar de Arte Cultural, CE.

Bienal de arte do triangulo vinculada a coleção do Alexandre Biagi, MG.

Organização, produção e montagem de exposição

2011            FILE GAMES – Oi Futuro, Rio de Janeiro, RJ.

2010             (de 2006-)Festival Internacional de Linguagem Eletrônica – FILE 10 – Santander Cultural, Porto Alegre, RS; FILE 09 – Oi Futuro, Rio de Janeiro, RJ; FILE 08 – Centro Cultural Fiesp, São Paulo, SP; FILE 08 – Santander Cultural, Porto Alegre, RS; FILE 07 – Centro Cultural Fiesp, São Paulo, SP; FILE 07 – Oi Futuro, Rio de Janeiro, RJ; FILE 06 – Centro Cultural Fiesp, São Paulo, SP.

2004            Labor III – Mostra de Arte – Mooca, São Paulo, SP.

2003            Labor II – Mostra de Arte – Mooca, São Paulo, SP.

2002             (a 2004) – Assistente na Galeria Triângulo do Ricardo Trevisan, São Paulo, SP. 1º Mostra de Arte do DCE Santa Marcelina, São Paulo, SP – novembro/ dezembro. Montagem da exposição de Mestrado do Prof. Mario Fiori, São Paulo, SP – agosto

Deixe uma resposta

[SEJA BEM VINDO]

“O que está claro é que não há escapatória para o artista não-figurativo; ele tem que permanecer dentro de seu campo e, como conseqüência, caminhar em direção da sua arte. Esta conseqüência nos leva, num futuro talvez remoto, em direção ao fim da arte como uma coisa separada do ambiente que nos circunda, o qual é a própria realidade plástica presente. Mas, este fim é ao mesmo tempo um novo começo. A arte não apenas continuará, mas realizar-se-a mais e mais pela utilização da arquitetura, escultura, e pintura, uma nova realidade plástica será criada. A pintura e a escultura não se manifestarão como objetos separados, nem em forma de “arte muralista” ou “arte aplicadora”, mas sendo puramente construtivas, ajudarão na criação de ambiente não meramente utilitário, mas também puro e completo em sua beleza.”

Mondrian. Retirado da página 17 do livro de Hélio Oiticica – ASPIRO AO GRANDE LABIRINTO.